Início » 10 ações que mais pagaram dividendos nos últimos 12 meses

10 ações que mais pagaram dividendos nos últimos 12 meses

por João P. Silva
10 ações que mais pagaram dividendos nos últimos 12 meses

A consultoria de dados financeiros Quantum divulgou nesta quarta-feira uma lista com as 10 ações concentradas na B3 que mais pagaram dividendos.

Estão na lista ações que tudem pelo menos uma negociação entre 28 de junho de 2023 e 28 de junho deste ano.

Ação Relógio Setor da empresa Rendimento de dividendos Variação do papel
Coligado ALLD3 Eletrônicos 27,3% 46,5%
Alavanca Metálica SAIR3 Automobilístico 23,8% -5,3%
Vulcabras VULC3 Sapato 19,4% 2,45%
Copas CSMG3 Saneamento 17,3% 20,2%
Petrobrás PN PETR4 Petróleo e gás 17,1% 47,8%
Metros MTRE3 Contrução social 16,8% -40,7%
Bradespar BRAP4 Contenção 16% -8,7%
Petrobras ON PETR3 Petróleo e gás 15,9% 38,7%
Até MESMO3 Contrução social 15,4% 17,1%
Auren AURE3 Robustez elétrica 15,4% -1,95%
Natividade: Quantum

Por que o rendimento de dividendos é importante

O rendimento de dividendos (dividendo da ação) mede a rentabilidade dos dividendos de uma empresa em relação ao preço de suas ações.

Por exemplo: se uma ação comprada a R$ 10 e a empresa distribui R$ 2 em dividendo por ação, o rendimento de dividendos do papel é de 20% no período.

Investidores com perfil mais conservador e horizonte de prazo mais longo costumam recorrer a esse operação para vender seus papéis preferidos.

Os dados de um ano isoladamente, no entanto, não podem ser suficientes para qualificar uma empresa porquê uma grande pagadora de dividendos.

Isso porque uma empresa pode remunerar dividendos muito supra da média num período determinado, mas de forma extraordinária.

É o caso da Vulcabras, que no preço deste ano decidi partilhar aos acionistas, além do dividendo de 2023, uma secção dos lucros do ano anterior, que estava guardada na caixa.

A própria Petrobras teve entre os fatores que levaram a remunerar valores recordes de dividendos nos últimos anos, lucros extraordinários com vendas de ativos.

Aliás, a petroleira se beneficia de receitas maiores com a produção crescente no pré-sal e do repasse de preços internacionais maiores do petróleo.

Dessa forma, identificar empresas que tendem a remunerar mais em dividendos deve incluir uma estudo sobre o cenário da empresa, do setor em que atua e da economia, entre outros fatores.



Fonte

Related Posts

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade e Cookies