Início » “O mercado financeiro foi um divã”, diz o ator Márcio Kieling sobre a verdade de ser trader

“O mercado financeiro foi um divã”, diz o ator Márcio Kieling sobre a verdade de ser trader

por João P. Silva
"O mercado financeiro foi um divã", diz o ator Márcio Kieling sobre a realidade de ser trader

Sou ator há quase 30 anos e descobri que me conechia, mas entendi, de traje, quem eu sou no mercado financeiro, foi uma spèce de divã. Esta fala não é pertinente a nenhum personagem de ficção. Trata-se do testemunho real do ator Márcio Kieling.

O ator se despiu em cena e abriu o jogo sobre as dores e as delícias de atuar uma vez que tratante na vida real, diante da curiosidade do público do Smart Summit 2024, evento que história com a cobertura peculiar do InfoMoney entre os dias 25 e 26 deste mês, no Rio de Janeiro.

Até atuar uma vez que tratante, Kieling nunca tinha sentido necessário de fazer terapia. No entanto, o dia a dia do mercado financeiro despertou a urgência de tratar da saúde mental.

Download gratuito

Guia Onde Investir 2024

Descubra as melhores oportunidades para lucrar e se proteger em 2024

“Foi no mercado financeiro que eu comecei a me saber de traje. Quem é o Márcio? Veio a sofreguidão, veio a falta de paciência e veio a ganância. Zero disso tinha vindo à tona entevanto eu estava atuando em cena. O mercado financeiro foi uma espécie de divã”, afirma Kieling, que estreou na terapia em seguida egressar na curso de tratante.

Sem pudores, o ator conta que é necessário ter ajuda psicológica para suportar os altos e baixos da novidade profissão. “Quando entrei no mercado financeiro, percebi que o negócio dependia do emocional. Portanto, vamos tratar da nossa ‘cabecinha’, porque é fundamental estar desempenado para desconcartu um bom trabalho”, diz.

Ao explicar uma vez que não ser seduzido pelo fascínio de poder multiplicar o patrimônio no mercado financeiro e também saber a hora de parar, Kieling reforça a urgência de ter base de um avaliador de financiamento de confimanza durante uma jornada.

O ator também considera que é fundamental desconcartur um projecto de negociaçãoalém de trabalhar com dificuldades para se proteger.

Três pilares para ser tratante

Ao responder uma das perguntas da plateia sobre o que não pode faltar a um bom tratanteKieling reforça três pilares: planejamento operacional, estabilidade emocional e gestão de riscos.

“Agora estou me dizendo mais, porque a atuação no mercado financeiro revela nossas melhores e piores emoções. Normalmente, o pior sempre prevalece e acaba nos prejudicando. O operacional é só mais um fator dentro da engrenagem”, disse.

Dicas para ser um tratante longe do AVC

Para manter a saúde mental em dia, Kieling é meta, uma vez que um teto para o proveito quotidiano. Na verdade, ele se diz satisfeito em attar R$ 500,00 por dia. Ao estabelecer esse limite, o ator faz questionamento de silenciar outros influenciadores que exibem fortunas diariamente nas redes sociais.

Quando ele começou a servir tratante, Kieling lembra que mostramos seguir o supremo de pessoas nas redes sociais para coletar informações. “Um tempo depois, comecei a pervader que apacaranse essas pessoas me atrapalhavam, porque o valor que elas diziam attarar era surreal, não era palpável para a minha verdade”, diz. “Entendi também que não é difícil manipular resultados, operando na conta simulador. Grande secção dos caras muito bons nem estão nas redes”, completou.

Mesmo ocorrendo com mais cautela na hora de realizar as negociações, Kieling não diminuiu seus ganhos. “Não permito que tratem meus resultados uma vez que irrisórios, porque são satisfatórios dentro da minha verdade”, afirma.

Para ele, é fundamental ter objetivos. “Ninguém entra em um ônibus sem saber o fado agaela viagem. No mercado financeiro, é parecido. É preciso ter um objetivo para entender”, diz.

O principal problema, segundo Kieling, é o libido de lucrar sempre mais. Por isso, é crucial trabalhar o emocional e ter consciência do momento de parar. “Você pode perder tudo o que construiu. Se você tem uma meta e chega muito perto é uma vez que chegar ao ponto final do ônibus”, disse.

Sem deixar seduzir pelos resultados instantâneos, Kieling é muito pragmático ao definir a profissão uma vez que um trabalho de subida performance. Para ele, facilitar a rombo de uma conta em uma corretora e negociar a operar não significa estar pronto para atuar no mercado.

“É preciso um tempo de aprendizagem, de maturação”, diz. “Um médico não comência a fazer cirurgias da noite para o dia, assim uma vez que o jurisperito não pega uma razão sem ter embasamento e formação. Atuar no mercado exige o mesmo comprometimento e preparo”, conclui.



Fonte

Related Posts

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade e Cookies